CLASSIFICAÇÃO ENDOSCÓPICA DE ESOFAGITE

Classificação de Los Angeles (1994)


GRAU A : uma (ou mais) solução de continuidade da mucosa confinada às pregas mucosas, não maiores que 5 mm cada;

GRAU B : pelo menos uma solução de continuidade da mucosa com mais de 5 mm de comprimento, confinada às pregas mucosas e não contíguas entre o topo de duas pregas;

GRAU C : pelo menos uma solução de continuidade da mucosa contígua entre o topo de duas (ou mais) pregas mucosas, mas não circunferencial (ocupa menos que 75% da circunferência do esôfago);

GRAU D : uma ou mais solução de continuidade da mucosa circunferencial (ocupa no mínimo 75% da circunferência do esôfago).

Obs. : As complicações (estenose, Barrett) são apresentadas à parte e podem ou não ser acompanhadas pelos vários graus de esofagite.

Exemplos : Clique aqui.
(Retirado de : Interobserver and intraobserver variation in endoscopic assessment of GERD using the "Los Angeles" classification. Kusano M et al. GASTROINTESTINAL ENDOSCOPY 49: (6) 700-704 JUN 1999)

 
Retorna "Classificação da esofagite péptica"
Retorna Fotos